O que é o empreendedorismo de start-up?

De uns tempos para cá o termo startup vem ganhando relevância dentro do mercado e sendo muito importante para o desenvolvimento de diversas áreas.

Em suma, um empreendedorismo de startup, tem alguns benefícios e características única, que fogem um pouco do padrão que estamos acostumados, como por exemplo:

  • Diversas pessoas trabalhando junto em um projeto;
  • Ambiente corporativo que prega pela estabilidade;
  • Respeito mútuo entre as pessoas;
  • Diminuição dos níveis hierárquicos dentro do negócio;
  • Redução de burocracias;
  • Aumento da produtividade individual;
  • Aumento dos níveis de engajamento e comprometimento da equipe.

Se você tem uma empresa especializada em emitir laudo avcb, por exemplo, resolvemos produzir esse artigo para falar mais sobre o que é, e sobretudo, como funciona o empreendedorismo por meio do start-up. 

Gostou do tema? Então siga conosco e boa leitura!

Mas afinal, o que é um empreendedorismo de startup?

Existem algumas definições para o empreendedorismo de startup. Podemos dizer que são um grupo de pessoas que estão trabalhando em um projeto. 

Um grupo de pessoas que são contratadas por uma multinacional para cuidar de determinado setor da empresa. 

Ou mesmo uma empresa que está iniciando algum projeto, utilizando uma organização coletiva que preza pelo trabalho mútuo entre todos os colaboradores.

Se você está começando um negócio de vendas de bomba centrífuga, por exemplo, talvez a última opção simbolize melhor o seu tipo de empreendedorismo de startup.

Porque o empreendedorismo de startup é frequente na internet?

O termo startup ganhou ascensão junto com o desenvolvimento da internet, dos mecanismos de inteligência artificial (I.A) e sobretudo das ferramentas de marketing digital que ajudam na propaganda e no desenvolvimento do produto/marca.

No entanto, é um erro dizer que a startup utiliza somente os meios digitais como reprodução e geração de renda.

A internet é um alvo do empreendedorismo startup pois ela tem baixos custos de investimento, pouca burocracia e pode dar um excelentes índices de retorno para todos que trabalham no projeto. 

Também é comum que os empreendimentos startup esteja presentes em diversos negócios com setores corporativos, além de feiras e eventos para apresentação de bens e serviços especializados

A startup e os investidores

Como adiantamos anteriormente, a startup é um empreendimento e ela pode necessariamente ser o que o empreendedor quiser.

No entanto, existe sempre um investidor para determinado projeto e a partir daí, ele consegue criar um ciclo de pessoas que vão ajudar no desenvolvimento dessa ideia.

Em suma, essa pessoa que injetou o Capital é chamada de ‘investir anjo’, e ela pode buscar também apoio e financiamento de outras empresas, como por exemplo, oferecer uma propaganda ativa na web para uma empresa que vende detergente concentrado, e com isso, ganhar um retorno financeiro.

A diferença nesse caso, é que a startup não fica vinculada em tempo integral a esse financiador. Ele desenvolve o projeto prometido e o dinheiro arrecadado é enviado para financiamento dos demais projetos do empreendedor.

Com isso o empreendedorismo startup consegue fazer o capital de giro, o que é muito importante no começo de qualquer negócio.

Chega ao fim nosso artigo que fala sobre o que é o empreendedorismo startup. Se gostou compartilhe e nos siga para mais dicas de gestão e marketing digital.  

Este artigo foi desenvolvido pela equipe do Soluções Industriais.

Biblioteconomista e professora de História

Learn More →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 3 =