Como o 5G pode beneficiar a economia?

De acordo com pesquisas, até 2023, espera-se que um bilhão de usuários tenham acesso à tecnologia 5G. Com velocidades que vão de 500 Mbps a 1 Gbps, ela está pronta para levar nossos recursos de transferência de dados a um nível totalmente novo.

E até 2035 haverá investimento de cerca de US$ 12 trilhões em serviços que incluem banda larga móvel aprimorada e avanços maciços de IoT, só para citar alguns. Além disso, setores como varejo, saúde, educação, transporte e entretenimento, serão beneficamente alterados. Portanto, insira etiquetas adesivas nos principais tópicos deste texto para tomar nota em seguida!

Um avanço para a economia

Estudiosos prevêem que a cadeia de valor 5G gerará até US$ 3,5 trilhões em receita daqui a menos de uma década e sustentará até 22 milhões de empregos. Além de impulsionar o crescimento do PIB global em US$ 3 trilhões.

Para complementar tudo isso, trouxemos um relatório, que entrevistou mais de 3.500 pessoas, incluindo líderes de decisão de negócios, analistas e entusiastas de tecnologia e descobriu que:

  • 91% esperam novos produtos e serviços que ainda não foram inventados;
  • 87% que novas indústrias surjam;
  • 82% que haja crescimento de pequenas empresas e mais concorrência global;
  • 85% esperam que ela torne as marcas mais competitivas em esfera mundial;
  • 89% esperam aumento de produtividade.

Ou seja, o 5G é tão fundamental para a sociedade quanto a locação de gerador de energia é para um show com milhares de espectadores.

A telefonia móvel terá domínio exclusivo das tecnologias de uso geral, como eletricidade e automóvel, que fornecerão a base para inovações massivas, darão origem a novos indústrias e beneficiarão economias inteiras. 

Isso acontecerá à medida que o 5G avançar na questão da mobilidade de um conjunto de tecnologias e informações unificadas, conectando pessoas a tudo. De acordo com o estudo, em 2035, quando todo o benefício econômico do 5G for realizado, uma quantidade sem igual de indústrias – de ramos tão distintos que vão de usinagem de peças à educação, transporte ao entretenimento e tudo mais – poderá produzir até US$ 12,3 trilhões em bens e serviços habilitados pelo 5G.

O que é 5G?

O 5G não é uma extensão das redes 3G e 4G. Ela combina Wi-Fi, 4G, tecnologias de acesso sem fio e ondas milimétricas. Além disso, aproveita vários aspectos, como infraestrutura em nuvem, rede virtualizada e serviços de borda inteligentes.

O 5G está configurado para abrir um novo conjunto de usabilidade. Desde banda larga móvel sem necessidade de linhas fixas até fábricas inteligentes, de carros autônomos e tecnologia holográfica, só para citar alguns exemplos. 

Veremos a chegada de smartphones e dispositivos como TVs 5G e assistência médica remota para pacientes. Como o nome indica, é a quinta geração de sistemas de rede móvel. O 5G está definido para ser a fusão entre a computação de dados de alta velocidade com bilhões de dispositivos.

Gostou do conteúdo sobre como o 5G pode beneficiar a economia? Conte para gente nos comentários e não deixe de acompanhar as novidades no blog e compartilhar nas redes sociais. 

Celina Palmer

Biblioteconomista e professora de História

Learn More →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − cinco =