Para uma estratégia de marketing bem sucedida, é essencial estudar os resultados e retornos que os investimentos feitos em mídia tem entregue para sua empresa, pois só assim terá como melhorar pontos necessários, essas métricas chamamos de ROI e ROAS. 

Ainda que ROI seja mais popular, ROAS é tão importante quanto. Muitos não identificam sua importância para o mercado, como calcular e seu significado, por isso, vamos falar abaixo sobre ambas e suas diferenças. Lembrando que ambas análises são válidas para todo tipo de negócio, até mesmo uma fábrica de máquinas de solda elétrica.

ROAS

O ROAS, sigla para Return on Advertising Spend, mede o retorno da estratégia de marketing aplicada, ou seja, similar ao ROI, mas focado apenas em campanhas pagas. 

Dessa forma, você poderá identificar se os investimentos direcionados aos anúncios têm dado o resultado esperado, quais canais são mais vantajosos e quais devem ser desconsiderados. 

O ROAS é útil para todo e qualquer tipo de segmento no mercado, tem um apelo maior para o e-commerce, que costumam se apoiar totalmente em mídias pagas. Alguns exemplos de canais de mídia são: Google Ads; Linkedin Ads; Facebook Ads e Instagram Ads.

É claro que, para chegar a uma análise completa, é preciso verificar outros resultados. Assim, você perceberá o que causa o ROAS baixo, já que a métrica, de forma isolada, não sinaliza o que precisa ser melhorado.

O recomendado é que o ROAS se mantenha acima de 2, e caso esteja abaixo de 1 significa que seus anúncios estão gerando mais prejuízos do que vantagens, e quando isso acontece, a melhor forma de lidar é descartar e repensar os formatos e canais escolhidos. 

É através desta e outras métricas que se aplica um gerenciamento data-driven, ou seja, baseado em dados e focado em resultados. Esta é uma maneira de usar os dados dispostos e gerados diariamente pela sua própria empresa e seus clientes.

ROI

O ROI, bem mais conhecido do que ROAS, se refere ao retorno sobre o valor investido na campanha. Esta métrica mensura os ganhos e prejuízos de uma ação publicitária feita por seu negócio. O ROI oferece uma visão mais ampla dos valores e retornos de sua empresa.

Para descobrir o resultado real, o ROI engloba todos os valores investidos na campanha. Um link patrocinado de uma empresa de equipamentos de combate a incêndio, por exemplo, são levados em consideração todo e qualquer custo investido, incluindo taxas de agências e cliques. 

O resultado do ROI é sempre uma porcentagem, e quando for igual a 100% corresponder a R $1,00 ganho para cada R $1,00 gasto, e se o resultado final for menor do que isso, significa que seu ganho é menor do que o investimento, portanto, identificamos que o valor mínimo ideal é de 100%.

Ao identificar os resultados, é possível compreender todo o investimento e ganho de forma mais clara, e assim, entender quais as principais fontes de retorno e lucro de seu negócio, assim como perceber quais os melhores canais e estratégias de marketing são mais efetivas para sua empresa, seja ela uma pequena loja de arquivos domésticos ou uma gigante do setor de projeto de instalações elétricas.

Blog, SEO, e-mail marketing, marketing de conteúdo, treinamento de equipe de vendas e campanhas de Google Ads são algumas das principais estratégias beneficiadas pelo ROI 

Sendo assim, concluímos que o ROI avalia os retornos de todos os custos, e o ROAS os valores especialmente aplicados à anúncios pagos. Assim, podemos entender que essas métricas devem ser aplicadas em conjunto, como uma maneira de melhor análise. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *