A crise causada pelo coronavírus trouxe consigo uma série de problemas e adaptações que tivemos que encarar por mais de um ano e meio. Nos acostumamos a usar máscara, álcool em gel, respeitar o distanciamento social, não frequentar lugares com aglomeração, entre outras recomendações. 

Uma dessas grandes mudanças foi justamente em volta da nossa área de trabalho, muitas empresas, independente do segmento ( sejam elas mais nichados como máquinas de solda elétrica até um escritório de advocacia),  tiveram que se adaptar à rotina de trabalho em formato de home-office. 

Adotar esta medida pode ser uma grande faca de dois gumes, a rotina de trabalho neste formato divide opiniões por completo, tendo muitas pessoas que aprovam e desaprovam este estilo. 

Porém uma coisa é fato, o home-office chegou para ficar, e por toda a sua diferença em relação ao presencial, é preciso saber como manter sua equipe motivada, exercendo as mesmas funções que elas fariam se estivessem fisicamente juntas. 

Mantenha uma comunicação constante com sua equipe

A conversa é a base de todo relacionamento certo? E isso não é diferente no trabalho, ainda mais quando os colaboradores estão distantes um do outro. 

É essencial manter uma rotina de comunicação entre os integrantes para entender melhor suas dificuldades e o que é possível melhorar no dia a dia. Muitas vezes, o que falta para que o funcionário se sinta confortável é justamente a falta de diálogo. 

Essa proximidade é crucial para o bom desempenho de seu negócio e deve ser justamente o que falta em tempos de home-office. Um funcionário se sentirá muito mais confortável, em realizar a campanha de vendas do seu lacre de segurança, se tiver a presença de seu supervisor auxiliando e conversando com a equipe para entender possíveis falhas e trazer mais conforto. 

Saiba dosar a carga horária de trabalho

Não é porque agora os funcionários estão em casa que devem ser submetidos a uma carga horária muito acima do comum. Com o home-office, é possível liberar uma certa flexibilidade de horário, porém, deve ser algo próximo do já combinado presencialmente. 

Muitas pessoas trabalham ainda mais quando estão remotas, e isso gera estresse, e cansaço acumulado, uma combinação péssima para quem quer um trabalho mais produtivo e eficiente. 

Então saiba dosar as horas trabalhadas de sua equipe, dê a eles uma flexibilidade mas sem abusar de horas a mais, deixe que eles montem seu horário (se possível), claro, sempre seguindo o pré estipulado pela empresa. 

Forneça a estrutura e entenda a situação

Muitas pessoas não estavam preparadas para encarar o home office, então possuem notebooks que não desempenham tão bem, ou uma internet lenta, uma cadeira pouco confortável e por aí vai. 

Para motivar que eles continuem em trabalho remoto, é preciso fornecer material e recursos para que eles tenham a mesma qualidade do que na empresa física. Outro fator é o fato de saber o que está passando. 

É preciso entender a situação, muitas pessoas podem ter filhos pequenos, animais de estimação, pais idosos, enfim, pessoas com quem ela convive e podem acabar influenciando em sua rotina. 

Saiba levar isso na boa e entender as dificuldades das pessoas. Além disso, a adaptação pode ser um pouco lenta no começo, é diferente você sair de casa para trabalhar e trabalhar de casa certo?

Tudo isso deve ser levado em consideração, então antes de realizar cobranças por atrasos na prestação de serviços de manutenção predial, coloque na balança todos esses fatores para que sua equipe não sofra uma pressão desnecessária. 

Motivar sua equipe pode ser um pouco difícil, principalmente para aqueles que já estão adaptados a trabalhar presencialmente, por conta disso, é preciso ter um pouco de calma, concentração, e saber exatamente o que fazer para que o desempenho seja igual ou até melhor!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *