6 dicas de marketing online para lojas virtuais

Você tem uma linda loja virtual e recebe pedidos regularmente, está indo na direção certa. Você quer continuar e agora é a hora de crescer. Mas por onde você começa? E o que mudará em 2021 em comparação com o ano anterior quando se trata de marketing online?

Ao fazer as escolhas certas em sua abordagem de marketing online, você pode obter melhor desempenho e atrair mais clientes a curto e longo prazo. Para ajudá-lo em seu caminho em 2021, listamos as 7 dicas de marketing de loja virtual para você.

1. Aproveite o efeito FOMO

FOMO significa ‘medo de perder’. É um princípio psicológico que joga com o medo que se tem de perder. FOMO é uma tática amplamente utilizada na indústria da aviação.

Todos conhecem os exemplos nos quais você é sutilmente apontado que ainda existem algumas passagens aéreas disponíveis. E é claro que você não quer decepcionar seu parceiro, então reserve rapidamente.

Ao mostrar também o estoque real (ao vivo) em sua própria loja virtual, você é transparente e cria um senso de urgência. Isso mostra que você tem uma loja virtual animada e que, às vezes, também há escassez em seu estoque.

2. Use o remarketing

Os consumidores costumam fazer pesquisas antes de fazer uma compra final. Esse consumidor pode visitar uma loja online de sapatenis masculino várias vezes sem comprar nada. Frequentemente, fatores como preço e condições de entrega são comparados antes de uma decisão final ser tomada.

Deixe essas pessoas saberem que você as notou. Isso é possível por meio do remarketing, onde você mostra anúncios aos visitantes do seu site. Por exemplo, você pode exibir um banner como um lembrete útil. O número de conversões com anúncios de remarketing é muito maior porque o grupo-alvo já visitou seu site.

3. Personalize sua estratégia

Personalização é a melhor nova forma de marketing porque ninguém quer gastar dinheiro com empresas sem rosto. A ideia é usar uma ou duas faces fixas para que as pessoas realmente tenham uma face para a história. Faça isso em suas mensagens de e-mail, mas também em vídeos e posts nas redes sociais ou no seu blog.

Os clientes são cada vez mais atraídos pelos pequenos detalhes e cada pequeno detalhe da personalização faz com que se sintam especiais. Você cria confiança e dá ao seu grupo-alvo uma visão dos bastidores. Ao usar a personalização, você garante que sua identidade online tenha um rosto pessoal.

4. Envolva seus clientes em sua história

Porque no final somos principalmente acionados pelas experiências de outros clientes, pelas opiniões de outras pessoas de carne e osso. É exatamente por isso que o elemento social está se tornando cada vez mais forte e não precisamos explicar mais o poder das mídias sociais. Portanto, envolva seus clientes em suas expressões online.

Quão forte é se você mostrar fotos reais de produtos de clientes, além de comentários? Solicite ativamente a seus clientes que enviem fotos e as mostrem em seu site. Esses tipos de táticas também são conhecidos como ‘conteúdo gerado pelo usuário’.

5. Recompense seus seguidores leais

Se você é muito ativo online, talvez já tenha seguidores leais. São clientes que fazem pedidos repetidas vezes, mas também seguidores leais no Facebook ou Instagram.

Em outras palavras, os entusiastas que distribuem seu conteúdo sem remuneração, que discutem com você e que se sentem genuinamente envolvidos em seus produtos e serviços.

Claro, você pode deixar um “curtir” em cada postagem que um seguidor leal deixar ou retornar um comentário uma vez, mas é hora de fazer mais do que isso em 2021.

Nas redes sociais, seus seguidores leais são as pessoas que fazem a diferença. Então, mostre que você os aprecia. Isso pode ser feito de todas as formas concebíveis:

  • Por exemplo, considere um cupom de desconto personalizado;
  • ou um cartão de agradecimento pessoal
  • mas também enviando um produto grátis.

6. Trechos de aposta

À medida que os mecanismos de pesquisa aprendem mais e mais sobre o seu conteúdo, eles também são capazes de apresentar os resultados da pesquisa de uma maneira diferente. Por exemplo, o Google pode criar os chamados rich snippets.

Esses são os resultados da pesquisa com partes em destaque dessa página, como uma navegação estrutural ou os produtos oferecidos. Esses rich snippets devem, portanto, conter informações úteis para o Google. Pense em usar as palavras-chave mais importantes.

O texto também deve ser interessante e compreensível para o visitante. Este é o texto que deve garantir que as pessoas cliquem nas informações. Lembre-se de que os rich snippets nunca são concluídos e cada vez mais opções estão surgindo. As tendências mudam e as pesquisas também.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *